Porque Investir na gestão de recursos humanos?

Hoje os empresários estão valorizando cada vez mais o investimento em recursos humanos(RH), pois sabem que o sucesso da empresa dependem do capital humano,  mas a realidade é bem diferente são poucas empresas que enxergam como um estratégia de negócio. Por ser um investimento de 25% do valor das vendas e quando é serviço pode chegar a 32% do valor. Para avaliar o desempenho são utilizadas técnicas pouco eficiente, é avaliado o desempenho que  o RH tem e suas vantagens. O resultado monstra que é gasto uma boa fatia do faturamento, e um gasto de tempo muito grande dos dependido do gerentes, esse é um dos motivos para poucas empresas investirem no setor.

Embora represente um gosto, as empresas que adotam a medida tem vantagens estratégicas na competição com a sua concorrência. Assim como no caso de investimentos em treinamentos para os colaboradores, como neste artigo que monstra como recrutar mais pessoas, para um negócios mais produtivos deixando uma vantagem bem ampla, em comparação com a concorrência, gostos que compensa pois os colaboradores bem treinados em vendas e serviços, trarão maiores resultados minimizando cada vez mais os investimentos realizados.

Porém a maioria das empresas fecham as portas para esse tipo de investimento de  recurso humanos, deixando de agir de forma eficiente, e essas cujas empresas veem o RH como um simples gosto de funcionários deixando a desejar. Um grande problema encontrado no departamento de RH é a falta de treinamento deste setor que não tem uma visão ampla e acabam atuando de forma errada e desatualizado do mercado atual com os funcionários da empresa. Dessa forma a empresa não consegue uma  gestão de capital humano deixando o setor defasado.

Na maioria das empresas a função de Recursos Humanos está a cargo do gerente ou do presidente da empresa, e não adotam a maneira de gerenciar adequada deixando mais vulnerável, outra equação é quando o setor de RH deixa no modo individual sem interagir com o restante da empresa, isso se torna um fator de risco, consequentemente as decisões do RH se tornam vulneráveis e obsoletas, tornando uma organização sem bonificação, afetando o desenvolvimento, ficando uma empresa sem controle, como se estivesse a deriva.

Dentro dessa ótica tudo pode ser melhorado,  desde que a empresa derrube os obstáculos e reorganize em base de três princípios do RH, que são:

  • Empresa que deve pensar em sistemas, adotar estratégias de negócios para Recursos Humanos.
  • Decisão baseada em fatos, a empresa deve atender as necessidades de forma concisa na gestão de Recursos Humanos.
  • Foco no valor agregado de RH, levar em consideração o investimento em RH com um planejamento de gastos aceitáveis.

Portanto uma gestão de RH em qualquer  empresa de pequeno a grande porte é de suma importância para o desenvolvimento adequado da saúde da empresa, para uma sustentabilidade a longo prazo, sem afetar os demais setores, e sim se comunicar sempre que possível com harmonia, para que tenha um crescimento de forma natural e bem planejada.